A pele é o maior órgão do corpo humano, e possui diferentes e importantes funções no organismo. Além de delimitar o contato do corpo com o ambiente externo e ser a sua primeira barreira de proteção, ela é um importante componente para o bem-estar e a estética das pessoas.

Todos querem manter sua pele bonita e saudável, e a acne costuma ser uma das principais vilãs desse objetivo. Esse problema de pele afeta homens e mulheres em diferentes idades, gerando incômodo e podendo levar ao surgimento de marcas e manchas no rosto.

Para te ajudar, elaboramos o texto de hoje com mais informações sobre o assunto e alguns tratamentos naturais para a acne. Confira!

O que é a acne?

A acne é uma afecção dermatológica que afeta as glândulas sebáceas da pele, causada pela inflamação das unidades pilossebáceas dela. Ela se apresenta como um comedão, mais conhecido como cravo, que surge devido à obstrução do orifício de saída da unidade pilossebácea. Essa obstrução leva ao acúmulo de secreções, restos celulares e aumenta os riscos de acúmulo de bactérias.

A unidade pilossebácea, também conhecida como folículo sebáceo, são as estruturas ligadas às glândulas sebáceas que ficam na superfície da pele. Ela secreta o sebo, substância oleosa que hidrata e protege a pele e que participa do surgimento da acne quando produzida em excesso.

A fase da vida na qual a acne é mais comum é durante a adolescência – período no qual se aumenta a produção de óleos pelas glândulas sebáceas, influencias pelos hormônios da puberdade. Porém, em alguns casos, a acne pode estar presente em indivíduos com até mais de 30 anos, principalmente do sexo feminino.

A severidade com que a acne aparece varia de pessoa para pessoa. Ela pode variar desde alguns cravos isolados ao surgimento de múltiplas espinhas e nódulos dolorosos com grandes cicatrizes.

Ela aparece predominantemente no rosto e pescoço, podendo surgir também nas regiões das costas e peito. Os principais tipos de lesões que surgem são: cravos, espinhas, pápulas (pontos de inchaço vermelho), pústulas (semelhantes às pápulas, porém com pontos brancos no centro), nódulos (geralmente dolorosos) e cistos.

O que causa seu aparecimento?

O surgimento da acne está relacionado sempre a alterações no funcionamento das glândulas sebáceas. Durante a adolescência, ela é considerada fisiológica, quando não apresenta muita gravidade. Os principais fatores que contribuem para seu surgimento são:

Alterações hormonais

É o que acontece durante a adolescência, durante a qual pode haver uma superestimulação do trabalho das glândulas sebáceas, causando produção excessiva de sebo, inflamação e obstrução dos poros. Também é comum seu surgimento durante o período pré-menstrual, durante a gravidez e em mulheres com síndrome do ovário policístico.

Higiene inadequada

A desobstrução dos poros da pele do rosto, principalmente, depende de uma higiene adequada para retirada de sujidades. A falta de higienização adequada e hábitos como não tirar a maquiagem antes de dormir podem contribuir para o surgimento da acne;

Ansiedade e estresse

Os componentes emocionais desempenham um importante papel no aparecimento da acne. As situações estressantes dificultam o processo de oxigenação das células da pele, reduzindo a sua capacidade de autolimpeza.

Uso de medicamentos

Alguns medicamentos específicos contribuem para o aparecimento ou agravamento da acne, como corticoides, andrógenos e medicamentos à base de lítio.

Fatores alimentares

Acredita-se que o consumo de determinados alimentos está associado ao surgimento de acnes, como alimentos ricos em gorduras e açúcares, consumo excessivo de produtos lácteos e ricos em carboidratos.

A acne também é conhecida por ser hereditária, isto é, se os pais apresentam acne há maior probabilidade de os filhos também apresentarem.

Tratamentos naturais para a acne?

O tratamento da acne é definido pelo médico dermatologista, de acordo com a gravidade do problema. Principalmente em casos mais leves, os tratamentos naturais para a acne podem ser uma boa alternativa, utilizando ingredientes caseiros.

Argila verde

A argila contém vários minerais que desempenham funções benéficas para a pele. A argila verde, especificamente, é rica em cálcio, potássio, óxido de ferro, magnésio e zinco, sendo indicada para o tratamento de peles oleosas e com acne. Ela possui ação tonificante, adstringente, esfoliante, bactericida, analgésica, cicatrizante e secante, não sendo recomendada para peles mistas ou secas, pois pode causar muito ressecamento.

Sua ação principal é a de absorver a oleosidade excessiva da pele e de retirar as impurezas que causam a obstrução dos poros. Ela pode ser encontrada em lojas de produtos naturais e é normalmente vendida em pó, de forma que precisa ser misturada à água para o uso.

O ideal é limpar a pele e usar algum esfoliante leve antes da aplicação da máscara de argila para contribuir com o resultado. A água deve ser adicionada até formar uma pasta, que é aplicada no rosto e deve permanecer por 30 minutos, evitando a região da boca e dos olhos.

Quer saber sobre o assunto? Então, acesse o nosso site e verifique a melhor indicação de tratamento para você.

Autor

Escreva um comentário

Agende sua consulta
Share This