O tratamento com botox é um dos tratamentos estéticos faciais mais solicitados pelas pessoas e é bastante popular entre os famosos. Na verdade, o que é aplicado é a toxina botulínica, já que botox é apenas um nome comercial. Há outros nomes, como Xeomin e Dysport e, assim como o nome, a composição da substância varia em cada prestador de serviços.

A marca Botox ficou mais conhecida aqui no Brasil por ter sido a primeira a ser aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Vamos saber agora o que é a toxina botulínica, como ela atua no nosso corpo e porque é um dos procedimentos preferidos por muita gente!

O que é o botox?

A toxina botulínica, mais conhecida como botox, é feita a partir de uma bactéria chamada Clostridium botulinum, que é o mesmo agente causador do Botulismo. Muitos podem se assustar ao ler essa informação, mas isso não é necessário, já que esse agente, após manuseado em laboratório, não oferece risco algum.

Após passar pelo processo de industrialização, a toxina botulínica fica purificada e não contém quantidade suficiente de bactérias para causar a doença. É como acontece, por exemplo, nas vacinas, as quais contêm uma porção do vírus, mas tão pequena que é incapaz de causar qualquer mal à saúde.

Como isso funciona dentro do corpo?

O envelhecimento é algo inevitável e muitos tentam retardar esse processo. Muitos fatores podem acelerá-lo, como se alimentar de produtos industrializados, ter hábitos alimentares ruins, beber muito álcool e fumar, não praticar atividades físicas, se expor ao sol sem proteção, entre outros, que deixam marcas no rosto.

A queda na produção de colágeno também é um problema, já que essa proteína oferece maior elasticidade e consistência da pele. Quanto menos colágeno temos, mais linhas de expressão e rugas tendem a aparecer.

Por conta disso, muitos procuram as clínicas dermatológicas e optam pela aplicação do botox. O mecanismo de ação da bactéria fez dela a escolha perfeita para o objetivo dessa técnica. A escolha se deve ao fato de ela bloquear os sinais que os nossos músculos enviam ao cérebro para realizar o movimento e isso é visto de forma clara no Botulismo. Então, os cientistas utilizaram a mesma ideia na aplicação para fins estéticos: paralisar parcialmente ou totalmente a musculatura.

Assim, o músculo relaxa, já que não se movimenta mais, e as linhas de expressão se suavizam, algo que pode ser visto de forma quase que instantânea.

Porém, é bom lembrar que esse bloqueio neuromuscular é temporário; afinal de contas, o natural é que os músculos se movimentem. Portanto, depois de um certo tempo, as informações acabam encontrados outros meios e caminhos para chegar até o cérebro e realizar a contração dos músculos da face. O nosso corpo tem um funcionamento bastante inteligente.

Para quais casos o tratamento com botox é indicado?

O tratamento é indicado para pessoas de quase todas as idades, pois não há restrição nesses casos. Mas é necessário usar o bom senso, afinal de contas, não há motivo, por exemplo, para um adolescente saudável realizar esse tipo de procedimento.

Portanto, a aplicação é mais indicada para pessoas acima dos 25 anos – idade na qual a produção de colágeno começa a declinar – ou a qualquer momento em que os sinais do tempo comecem a incomodar. A toxina é indicada para os casos de:

  • linhas que aparecem na testa e entre as sobrancelhas;
  • ao redor dos olhos, o famoso “pé de galinha”;
  • o bigode chinês (linha de expressão que aparece entre o nariz e a boca).

Há também outras áreas do rosto nas quais é possível aplicar o botox, mas isso deve ser avaliado pelo especialista no momento da consulta.

Como é realizado o procedimento?

A toxina chega à clínica em frascos na forma de pó e é diluída em soro fisiológico para que possa ficar numa consistência mais fluida e ser aplicada com a ajuda de uma agulha. Para a aplicação, é necessário determinar uma distância de 1,5 cm entre a região que precisa ser tratada e a que não precisa. Antes, pode ser necessário aplicar uma anestesia tópica, caso a pessoa prefira.

Lembrando que o procedimento deve ser realizado apenas com um profissional especializado e numa clínica que ofereça o aparato necessário. O ideal é checar todas as informações do médico e comprovar que são verdadeiras, além de verificar se ele é membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

Quanto à dosagem, o especialista sempre deve optar, no primeiro instante, pela dose mínima efetiva, ou seja, uma quantidade mínima que seja capaz de oferecer os resultados desejados. Essa dosagem dependerá muito da área de aplicação e será calculada pelo médico.

O resultado dura por quanto tempo?

Após a aplicação, você começará a notar algumas diferenças a partir do segundo até o quinto dia da aplicação e, em duas semanas, os resultados do procedimento ficam ainda mais evidentes.

Como falamos, o botox causa a paralisação da musculatura, mas o corpo acaba encontrando outros caminhos para fazer com que as informações dos movimentos musculares cheguem até o cérebro. Por conta disso, o resultado da aplicação dura, em média, de 3 a 4 meses, mas pode ser que dure até 6 meses!

Para fazer uma nova aplicação, é necessário esperar por, pelo menos, um período de 3 meses. Se esse prazo não for respeitado, pode ser que o botox não faça mais efeito depois de um certo tempo, como se o corpo se “acostumasse” com os efeitos.

Isso acontece muito com as medicações que tomamos para dor de cabeça, por exemplo. Como a toxina botulínica é uma substância biológica, acontece da mesma forma. Porém, o tempo ideal de espera é de 6 meses a 1 ano para realizar uma nova aplicação.

Existem contraindicações?

Assim como qualquer outro procedimento, a aplicação de botox apresenta algumas contraindicações. Por exemplo, se você for alérgico a algum dos componentes da fórmula, essa técnica não poderá ser aplicada.

Pessoas gestantes, lactantes, com problemas imunes, neuromusculares ou que usem alguma droga que interfira na coagulação sanguínea ou na transmissão do impulso nervoso também não podem realizar o procedimento.

Está pensando em fazer tratamento com botox? Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas a esse respeito!

Autor

Escreva um comentário

Agende sua consulta
Share This