O tempo passa e vai ficando cada vez mais difícil esconder determinados sinais em nossos rostos. As temidas rugas, também conhecidas como “pés de galinha”, tiram o sono e deixam o semblante de homens e mulheres mais pesado. Mas, afinal, existem tratamentos para rugas?

A boa notícia é que sim, tanto as rugas finas quanto as profundas podem ser tratadas com procedimentos que vão ajudar a rejuvenescer a pele. Acompanhe nosso artigo e descubra o que são as rugas, por que elas aparecem e, claro, 4 formas de tratá-las e obter um ótimo resultado!

O que são as rugas?

Quando ouvimos dizer que as rugas são sinais do tempo, não é mentira. Trata-se de vincos, sulcos e franzidos decorrentes do envelhecimento natural da pele. Isso mesmo: é natural que apareçam!

Cientificamente, o processo é simples: com o envelhecimento, o corpo passa a produzir menos elastina e colágeno, proteínas responsáveis pela firmeza e estrutura da pele. O resultado é um aspecto mais quebradiço e menos elástico.

Surgem devido às contrações musculares repetitivas, mas tendem a piorar com a carência nutricional, exposição contínua ao sol sem proteção, uso do cigarro, estresse e problemas hormonais.

Porém, nem todas as rugas são iguais. Conheça seus tipos e saiba identificar em qual caso você se enquadra:

Rugas finas ou dinâmicas

Também conhecidas como linhas de expressão, são aquelas ruguinhas que só aparecem quando é feita uma contração facial, seja por um sorriso, seja por expressão. Estão mais presentes nas sobrancelhas, testa, lábios e canto dos olhos — formando os famosos “pés de galinha”.

Esse tipo de ruga afeta somente a camada superficial da pele e, por isso, é mais fácil de amenizar ou até mesmo eliminar. São mais aparentes em pessoas com até 30 anos, geralmente de pele clara.

Rugas profundas ou estáticas

São aquelas marcas que ficam aparentes mesmo quando não há contração muscular, ou seja, quando o rosto está em repouso. São marcas definitivas que, normalmente, aparecem a partir dos 45/50 anos de idade e tendem a se tornar cada vez mais profundas — se não cuidadas, devido ao tempo e à força da gravidade.

É importante ressaltar que as rugas profundas podem ter sua origem nas finas que não receberam o cuidado devido em sua formação e evoluíram para esse quadro mais acentuado e, como consequência, de tratamento mais complexo.

Quando elas começam a aparecer?

Essa é a pergunta que não quer calar: afinal, quando minha pele já começa a apresentar esses sinais de envelhecimento? Normalmente, as rugas e linhas de expressão começam a se fazer presentes a partir dos 30 anos em regiões como pescoço, rosto e mãos. Nessa etapa, costumam ser finas e vêm acompanhadas de flacidez, ressecamento e manchas.

Contudo, não é impossível que apareçam em pessoas mais jovens, sendo um processo conhecido como envelhecimento precoce. Ele é potencializado pelo descuido com a falta de hidratação e do uso de proteção solar adequada, ou por uma alimentação pobre em nutrientes essenciais.

Quais os tratamentos para rugas?

Sim, há tratamentos disponíveis para amenizar e até mesmo eliminar as rugas. Porém, sua eficácia está diretamente relacionada ao grau de agravamento e ao tipo de ruga que será tratada. São divididos em dois grupos: tratamentos clínicos e cirúrgicos.

Conheça 4 tratamentos para rugas finas e profundas:

1. Toxina botulínica

A aplicação da toxina botulínica — ou simplesmente botox — tem como objetivo suavizar as linhas e rugas finas, podendo até mesmo eliminá-las quando associado a outros tratamentos, além de evitar o surgimento de novas. A substância atua na musculatura, paralisando-a e impedindo os sinais nervosos.

A aplicação é feita por meio de injeções nos locais a serem tratados com a aplicação de anestesia tópica. O processo dura, em média, 30 minutos, e os resultados já podem ser observados a partir do segundo dia, mantendo-se por até seis meses.

Por ser considerado invasivo, esse procedimento só pode ser feito por médicos, como dermatologistas e cirurgiões plásticos, em ambiente preparado para o devido fim. Além disso, após as aplicações, é recomendado evitar a exposição solar, atividades físicas e deitar-se por quatro horas.

2. Laser

É um tratamento indicado tanto para as rugas finas quanto para as profundas, que tem como objetivo o rejuvenescimento dos tecidos faciais. Por meio do disparo de feixe de luz, promove microlesões na área a ser tratada e, posteriormente, acontece a reconstituição, com a formação de um novo colágeno. Isso acontece porque há uma contração imediata da pele, devido à resposta do colágeno à temperatura do laser — acima de 60º.

Após as sessões, é indicado usar compressas de gelo para aliviar a ardência, e após cerca de três dias a pele já se recupera, contando com um efeito mais liso. Além disso, é fundamental manter a hidratação com óleos e cremes.

3. Radiofrequência

Também indicado para o tratamento para rugas finas e profundas, a radiofrequência é um procedimento mais simples, realizado sem lesões ou cortes. Basicamente, ele atua na liberação de ondas de calor na camada onde o colágeno está depositado, gerando o aquecimento das fibras que, por sua vez, se contraem.

Com isso, há a regeneração das fibras, amenizando as rugas e estimulando o desenvolvimento de tecidos jovens. Além disso, o tratamento ainda melhora a circulação sanguínea na área, deixando a pele com um aspecto mais elástico e rejuvenescido.

São necessárias entre 10 e 15 sessões, com aplicações semanais, para alcançar os melhores resultados. Porém, esse número pode aumentar ou diminuir, dependendo da profundidade das rugas e resposta do organismo.

4. Preenchimento facial

O tratamento pode ser feito com produtos como o ácido hialurônico — com duração de aproximadamente um ano. É indicado para redefinir o contorno facial, dar volume, preencher rugas e tratar flacidez.

Como é feito o uso de material produzido pela própria pele, o risco de reações alérgicas é reduzido, além de alcançar um efeito mais natural. As aplicações são feitas com microcânulas (agulhas sem ponta), que permitem um preenchimento uniforme de toda a área tratada. Em média, os resultados podem durar de 9 a 18 meses.

Agora que você já conhece os melhores tratamentos para rugas e a importância de conduzi-los com profissionais especializados, entre em contato conosco! Nossa equipe terá prazer em tirar suas dúvidas e indicá-lo para o melhor tratamento com os melhores resultados. Aguardamos você!

Autor

Escreva um comentário

Agende sua consulta
Share This