As olheiras podem ser causadas por diferentes motivos: noites mal dormidas, cansaço acumulado, ressaca. Seja qual for a causa, elas são as grandes inimigas de muitas mulheres. Quem deseja clarear olheiras não quer ficar com um ar de cansaço e envelhecimento, que costumam incomodar bastante quem tem que conviver com elas.

Atualmente, é fácil encontrar na internet várias dicas de como disfarçar ou diminuir as olheiras no dia a dia. O importante é entender que as olheiras têm diferentes causas, que estão relacionadas com a eficácia dos diferentes tratamentos.

Elaboramos o texto de hoje com dicas para clarear as olheiras escuras. Acompanhe!

Olheiras escuras

As olheiras comumente são associadas à falta de sono e cansaço, mas outros fatores têm uma influência mais significativa na sua formação. O fator genético é um dos mais importantes, pois é determinante na sua formação. Elas surgem principalmente devido a:

  • acúmulo de hemossiderina (pigmento sanguíneo): ocorre por causa da má circulação local. Normalmente é causado pela falta de sono, que prejudica a circulação local e favorece o escurecimento;
  • acúmulo de melanina (pigmento que dá cor à pele): tem mais relação com a genética;
  • goteira lacrimal profunda: forma-se um sulco abaixo dos olhos, produzindo uma sombra no local, o que causa as olheiras. Normalmente está presente desde o nascimento e piora com a idade.

Dessa forma, mesmo que a pessoa faça de tudo para descansar e dormir bem, as olheiras podem não desaparecer quando relacionadas a fatores genéticos. Para isso, existem diversos tratamentos específicos que podem ajudar as mulheres (que são as que costumam se incomodar mais com elas) a diminuírem ou até sumirem com as olheiras escuras.

Dicas para clarear olheiras escuras

Listamos algumas diferentes formas de clarear as olheiras escuras. Confira:

1. Maquiagem

Vamos iniciar falando sobre como é a melhor forma de disfarçar as olheiras escuras utilizando a maquiagem. É uma forma de driblar o problema a curto prazo, enquanto nenhum tratamento específico foi iniciado. Ou também para clarear as olheiras após uma noite mal dormida, porém que pode melhorar após o devido descanso.

O corretivo é o principal item da maquiagem para ajudar a disfarçar as olheiras. Existem diferentes tipos do produto, sendo que cada um é indicado ao tipo de olheira que a mulher tem. As principais indicações são:

  • olheiras roxas e azuladas: utilizar corretivo laranja, que é a cor oposta a essas cores e ajuda a neutralizar os tons escuros;
  • olheiras amarronzadas: a escolha da cor para cobrir as olheiras segue a mesma lógica das olheiras roxas. A cor oposta que neutraliza o marrom são os tons de lilás. Como não existem corretivos dessa cor, pode-se passar uma sombra lilás sobre as olheiras antes do corretivo;
  • olheiras com bolsas: para esse tipo de olheira, o ideal é usar um corretivo mais claro do que o tom da base das linhas mais escuras e completar com o corretivo de tom adequado em toda a região;
  • olheiras fundas: o segredo para disfarçar as olheiras fundas é utilizar a técnica do triângulo invertido com o corretivo. Ela consiste em “desenhar” com o corretivo um triângulo com a base sendo nas olheiras e a ponta indo até a altura da ponta do nariz.

2. Peeling

Quando as olheiras são mais marcadas e evidentes e não somem após noites de descanso, a solução pode ser buscar tratamentos estéticos para resolver o problema.

O peeling é o tratamento indicado principalmente para as olheiras de tons mais escuros amarronzados. Nesses casos, o melhor é o peeling com ácido tioglicólico, que possibilita o clareamento da área. Podem ser feitas sessões semanais ou quinzenais, e em média são indicadas 10 sessões. O tempo de tratamento depende da resposta individual ao processo.

3. Preenchimento

Pessoas que têm a cavidade do globo ocular mais funda podem apresentar as olheiras do tipo fundas, devido ao sombreamento natural da área que agrava o escurecimento. Nesses casos, o tratamento estético indicado é o preenchimento com ácido hialurônico.

O objetivo da técnica é o de nivelar a pele abaixo dos olhos com o resto da face, dando volume à área. O preenchimento é feito em uma única sessão, e os resultados são visíveis poucos dias depois. Recomenda-se que um retoque seja feito a cada 6 meses para manutenção.

4. Luz intensa pulsada

O tratamento com luz intensa pulsada é indicado para clarear olheiras escuras de tons amarronzados e arroxeados. O método consiste na aplicação de uma faixa de luz compatível com a melanina e a hemoglobina na região das olheiras. A luz gera um calor local que possibilita a destruição dos pigmentos de melanina e hemoglobina em partículas menores, que são absorvidas pelo corpo.

Além disso, os vasos sanguíneos locais se contraem, reduzindo o efeito arroxeado. O tratamento é simples, rápido e indolor. No primeiro dia ocorre um escurecimento da área, que vai clareando gradualmente até a melhora.

5. Drenagem linfática

A drenagem linfática é o tratamento de escolha para olheiras com características edematosas. O procedimento é semelhante à drenagem linfática corporal, porém os movimentos são mais suaves. Eles levam à melhoria da circulação local, que reduz o edema e as manchas arroxeadas. Os resultados costumam ser rápidos, e as sessões são agendadas de acordo com a necessidade da cliente.

Como mostramos no texto de hoje, existem diversas maneiras que podem ajudar a clarear olheiras e fazer com que você se sinta melhor e mais bonita no dia a dia. Nos casos de tratamentos de estética, o ideal é procurar uma clínica especializada para que o especialista faça uma avaliação e indique o melhor procedimento para o seu caso.

Se você gostou deste texto e quer ler mais sobre tratamentos estéticos para problemas de pele, continue em nosso site e leia o texto sobre melasma! Aproveite para acessar nossos perfis nas redes sociais. Estamos no Facebook e Instagram!

Autor

Escreva um comentário

Agende sua consulta
Share This