O desejo de ficar em forma é um fator em comum para grande parte das pessoas, independentemente do sexo ou da idade. Principalmente nos dias atuais, não só pela questão estética, as pessoas estão buscando um corpo em forma como um dos pilares para um estilo de vida saudável e equilibrado.

Nesse contexto, podemos apontar a gordura localizada como uma das grandes vilãs de quem deseja ficar em forma. Isso porque ela aparece em locais específicos do corpo e traz grande desconforto para algumas pessoas. 

Se você quer conquistar o corpo dos sonhos e uma qualidade de vida mais saudável, não deixe de conferir o nosso post com algumas dicas de como perder gordura localizada. 

O que é a gordura localizada?

A Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) define que a gordura localizada, também conhecida como lipodistrofia localizada, é formada pela aglomeração de tecido adiposo em regiões específicas do corpo. As principais regiões afetadas são aquelas consideradas mais flácidas, como culotes, barriga, braços e região abaixo do queixo (conhecida como papada).

A gordura localizada não é considerada uma doença, mas a obesidade, que muitas vezes está associada, já é uma doença que precisa de tratamento e acompanhamento. Por isso, é comum que as pessoas que a apresentam se sintam incomodadas quando utilizam tipos específicos de roupas que deixam as regiões com concentração mais destacadas.

Quais são as suas causas?

O acúmulo de tecido adiposo e os locais onde ele se deposita estão relacionados com a predisposição genética da pessoa, seus hábitos alimentares, a prática de exercício físico e sua postura corporal. De forma geral, podemos afirmar que as principais causas do surgimento da gordura localizada são:

  • consumo excessivo de alimentos gordurosos e ricos em carboidratos brancos;

  • histórico de lipodistrofia ou excesso de peso na família (componente hereditário);

  • sedentarismo (falta de prática de atividade física);

  • má postura (o que pode fazer com que a barriga fique projetada para frente, por exemplo).

De uma maneira geral, os homens tendem a acumular mais na região abdominal, enquanto que as mulheres apresentam uma maior quantidade nas coxas, quadril e glúteos.

É importante destacar que a gordura localizada também pode trazer más consequências para a saúde das pessoas. Por exemplo, o excesso de tecido adiposo na região abdominal (principalmente nos homens) está relacionado ao surgimento de doenças cardiovasculares, como hipertensão arterial e infarto.

Como perder gordura localizada?

Agora que você entendeu o que é a gordura localizada e quais são as suas causas, listamos algumas dicas de como se livrar desse problema.

1. Prática de exercícios

Como citamos, o sedentarismo é uma das principais causas da gordura localizada. Por isso, a prática de exercícios de forma regular pode ser uma ferramenta poderosa para eliminar o acúmulo de tecido adiposo, pois é uma forma de reduzir uma das causas.

Uma combinação de exercícios diferentes pode ser utilizada para auxiliar na perda de tecido adiposo. Os exercícios aeróbicos são importantes pois utilizam predominantemente a gordura como fonte de energia, isto é, ajudam a queimá-las.

Porém, é importante lembrar que a gordura é eliminada do corpo como um todo, e não apenas da região que está localizada. Por isso, os exercícios aeróbicos devem ser combinados com exercícios de definição muscular.

Uma indicação atual para as pessoas que desejam perder peso e acabar com a gordura localizada são os treinos intervalados de alta intensidade, conhecidos como HIIT. Esses exercícios são de curta duração e com esforço físico elevado, combinando atividades aeróbicas, de força e resistência muscular.

A principal vantagem do HIIT é que ele contribui muito para a queima de gordura, além de fazer o metabolismo ficar acelerado até minutos ou horas depois que o exercício já foi encerrado.

2. Alimentação saudável

Todo mundo sabe que a alimentação é a principal aliada para perder peso ou se manter em forma, o que não é diferente na hora de perder gordura localizada. Acredita-se que a estratégia mais eficaz é a de reeducação alimentar, no lugar de dietas extremas que não podem ser mantidas na vida da pessoa a longo prazo.

É importante lembrar que todo o esforço feito em horas de exercícios e academia pode ser rapidamente perdido se as escolhas alimentares não forem bem-feitas. As principais dicas de alimentação para perder a gordura localizada são:

  • reduzir ou eliminar o consumo de alimentos ricos em açúcar, gorduras saturadas e carboidratos simples (pães, bolos, massas);

  • ingerir grandes quantidades de alimentos com fibras diariamente (leguminosas, grãos, farelos, farinhas integrais, vegetais, frutas);

  • quando for consumir gorduras, escolher as “boas”, como: azeite, óleo de coco, abacate;

  • reduzir o consumo de álcool;

  • ingerir chá-verde diariamente, pois ele ajuda a acelerar o metabolismo.

3. Tratamentos estéticos

Uma alternativa para pessoas que desejam perder gordura localizada de forma mais rápida ou não conseguem perdê-la só com a alimentação e exercício é a procura por tratamentos estéticos.

É importante lembrar que os tratamentos não são utilizados para “tratar” sobrepeso e obesidade, e não substituem um estilo de vida saudável. O que acontece é que, muitas vezes, o fator hereditário é relevante e até as pessoas mais magras apresentam gordura localizada. Alguns dos processos estéticos são:

Criolipólise

Aparelho utiliza temperaturas baixas para congelar a camada gordurosa e eliminar a gordura localizada, pois o frio quebra as células de gordura. O método pode ser utilizado em regiões do corpo que se adaptem ao aparelho;

Endermologia 

Aparelho faz uma espécie de sucção na área tratada, o que gera o rompimento ou remodelamento das células de gordura do local. O método também é utilizado para tratamento de celulite, contorno de silhueta e remodelamento após cirurgia;

Lipocavitação

Realizada por meio de um aparelho de ultrassom que emite ondas de baixa frequência que provocam cavidades nas células de gordura, causando seu rompimento e eliminação. O paciente deve ser criteriosamente avaliado antes de realizar esse procedimento.

Aprender como perder gordura localizada é o desejo de muitas pessoas que sofrem e se incomodam com o problema, mas é preciso lembrar-se também que a mudança de hábitos deve ser sustentada ao longo do tempo, para que os resultados sejam duradouros.

E você, sabe de mais alguma dica que ajude a perder a gordura localizada? Então deixe um comentário no post de hoje e compartilhe conosco e com os outros leitores! Aproveite e entre em nosso site e veja como podemos te ajudar.

Autor

Escreva um comentário

Agende sua consulta
Share This